Lionel Messi e seu pai condenados a 21 meses de prisão

0
15
Visualizações
SOLSOFT-BUNNER top

Lionel Messi e o pai, Jorge, foram condenados hoje a 21 meses de prisão por fraude fiscal por um tribunal de Barcelona. De acordo com o jornal El Periódico de Catalunya, a pena não implica a prisão efectiva do futebolista argentino e do pai por ser inferior a dois anos.

A Audiência de Barcelona deu como provado que o jogador e o pai defraudaram o Estado espanhol em EUR 4,1 milhões (USD 4,56 milhões) em impostos a pagar por direitos de imagem nos anos de 2007, 2008 e 2009.

A sentença ditada hoje pode ser recorrida para o Tribunal Supremo.

O Ministério Público espanhol havia solicitado a absolvição do jogador, tendo em conta que a intervenção de Messi na fraude havia sido “puramente formal”, seguindo apenas as indicações do pai, para quem pediu 18 meses de cadeia.

No tribunal, o astro argentino havia dito apenas que assinava sem ver por confiar no pai: “Confio no meu pai, não sei o que assino”.

No entanto, a Advocacia do Estado, que representa a autoridade fiscal espanhola, havia pedido penas de 22 meses e 15 dias para cada um deles.

A família Messi depositou EUR 5 milhões no tribunal e regularizou a dívida com o fisco.

Segundo o Ministério Público espanhol, a família Messi simulou a cedência dos direitos de imagem do jogador “a sociedades puramente nominais radicadas em paraísos fiscais” para evitar que os rendimentos fossem declarados em Espanha e assim pagar os correspondentes impostos.

Deixe seu comentário!

Deixe uma resposta