Qandeel Baloch modelo paquistanesa morta pelo irmão

0
29
Visualizações
SOLSOFT-BUNNER top

A modelo paquistanesa Qandeel Baloch foi morta por um irmão no que a polícia da província do Punjab descreveu como um “crime de honra”.

Aos 26 anos, ela causava controvérsia por postar imagens ousadas nas médias sócias e por comentários abertos sobre sexualidade em uma sociedade amplamente conservadora e religiosa.

Segundo a polícia, ela foi estrangulada.

Casos de mulheres mortas por “desonrar” suas famílias são comuns na patriarcal sociedade paquistanesa.

Baloch ganhou fãs e inimigos justamente por desafiar convenções sociais: suas selfies rendiam tanta admiração quanto reprovação no país muçulmano. Foi justamente por receber ameaças de morte que Baloch tinha ido morar no Punjab.

Em entrevista ao jornal The Express Tribun, os pais de Baloch disseram que ela foi morta após uma discussão com o irmão, na noite de sexta-feira, mas que seu corpo só foi descoberto na manhã de sábado. O jornal disse que os pais foram detidos.

Fonte/bbc

Deixe seu comentário!

Deixe uma resposta