Salú Gonçalves mostra-se descontente com artistas angolanos

0
49
Visualizações
SOLSOFT-BUNNER top

O apresentador e radialista Salú Gonçalves mostrou-se bastante descontente com a actual falta de disponibilidade dos artistas angolanos quando são convidados para entrevistas:

“Como é possível que artistas hoje em dia, que vinham e que às vezes até vêm com a maior facilidade à nossa estação… hoje resolvem colocar-nos entre a espada e a parede e dizer assim: não, eu não posso! Ele pode não poder, ele pode estar ocupado, mas toda a hora? Agora tem tantos compromissos assim?” – Questionou.

Salú revelou que esta situação não acontece apenas com a Rádio Luanda: “…E atenção que, não estou a falar só pela Rádio Luanda… falo pela Televisão Pública de Angola, cujos realizadores e produtores têm reclamado, falo de outras estações de televisão, de rádio… que dizem assim: meu, os artistas agora, o quê que se passa com eles? A gente às vezes quer fazer uma entrevista, andam armados em quê?”

O radialista ameaçou deixar de tocar músicas nacionais no seu programa: “Vamos começar só a tocar música estrangeira (…) vão ver lula, vão ver fumo.”

Salú disse que as rádios em Luanda é que fazem os artistas e pediu que os músicos parassem de tratar os profissionais de rádio como parvos:

“As mais de 15 rádios que hoje tocam em Luanda fazem os artistas, não nos façam de parvos, não nos façam de estúpidos, porque é muito fácil também, nós os radialistas, as rádios dizermos assim: se os artistas angolanos não querem colaborar, então que não colaborem… mas também que não esperem de nós magia, não vamos fazer também os seus sucessos, vamos tocar músicas dos cabo-verdianos, dos moçambicanos, dos brasileiros (…) a gente anda aqui há mais de 15 anos no programa Kialumingo a tocar de ponta a ponta única e exclusivamente música angolana… para quê?”

Deixe seu comentário!